Parafuso

Leandro Soriano Marcolino

Saltou.

olá garotos nós vamos abrir um novo curso aqui no clube de salto ornamental amanhã vai ter uma aula gratuita venha experimentar nossa legal eu quero tentar isso garoto pule no trampolim e caia na almofada isso de novo agora vamos pular na cama elástica que divertido é mais legal que natação eu quero fazer esse curso deixa eu fazer pai por favor

Estica o corpo inteiro, estendendo os braços para cima, enquanto sua perna direita está flexionada no ar. Volta a esticar a perna direita quando atinge a altura máxima. Começa a descer. No exato instante em que seus pés tocam novamente o trampolim, flexiona os joelhos e gira os braços para baixo, impulsionando o trampolim com o peso de seu próprio corpo. Continua girando os braços, levando-os agora novamente para cima, e estica as pernas com força, sendo jogado pelos seus próprios músculos e pelo trampolim que retorna o impulso recebido em um movimento oposto ao anterior. Está completamente solto no ar, se afastando cada vez mais.

que é isso garoto você tem é que nadar salto não é esporte você tem que cuidar do seu corpo não perde seu tempo não pai você não entende é esporte sim o treinamento é intensivo é cansativo a gente tem que pular corda e correr em volta da piscina a gente cansa precisa de força nas pernas a gente pula na cama elástica é cansativo é muito caro meu filho volta para a natação que a gente vai ter mais dinheiro para comprar presentes para você a gente tem que economizar também mas pai é o que eu quero fazer não me obrigue a voltar para a natação por favor eu quero saltar é tão mais divertidooooo e futebol por que você não tenta futebol você deveria fazer um esporte que é mais apropriado para você

Impulsiona o tronco para trás, trazendo sua cintura para frente. Ainda com os braços esticados para cima, flexiona os joelhos levando as pernas para trás da coxa. Move os braços para os lados, aumenta a flexão dos joelhos, mas impulsiona as coxas para frente. Vê um céu azul sem nuvens, seu corpo agora está quase paralelo em relação à superfície da água. Suas coxas continuam a subir, encosta o queixo no tronco e move os braços para frente.

que vergonha essas notas suas você precisa estudar mais você está treinando demais não mãe é porque o professor não explicou a matéria direito e ele é cismado comigo pare já com essas desculpas eu sei muito bem que você não fez o seu para casa eu fiz eu juro que eu fiz é que esqueci o caderno em casa aqui diz que você não fez o para casa não é porque esqueci o caderno eu juro que fiz o para casa pare já com essas desculpas você está gastando muito tempo no treinamento as outras crianças nadam três horas por semana mas você está praticando seu salto horas e horas no mesmo dia não pode ser assim você tem que se dedicar para coisas mais importantes não jogue o seu tempo fora daqui a alguns anos já vai ter que começar a se preparar para o vestibular e o curso de advocacia que você quer fazer você tem que levar as coisas mais a sério não desperdice seu tempo você tem é que meter a cara nos livros

Segura as pernas, enquanto os joelhos continuam flexionados. Suas costas estão curvadas, em uma posição quase fetal. Vê pessoas de cabeça para baixo, algumas gritam palavras que jamais conseguiria escutar. Vê a superfície limpa e azul da água, que usa para se orientar. Seu corpo continua girando, vê novamente o público movendo-se rapidamente. Tudo parece borrado, mas tem a impressão de ver seu pai na fileira central. Sabe que é impossível, mas por um instante seu coração bate mais forte. Sente o cheiro da água, e o do seu próprio suor.

só tem mulher naquele clube é por isso que você quer ir tanto né você só que ir lá para ver aquela vaca de biquíni não não ela treina de maiô ah é de maiô então você quer é ver aquela vaca de maiô é não eu não disse isso não importa o que você disse ou não disse o que importa é o que você pensa você é um mentiroso eu não confio em você você não pode ir você tem que ficar aqui comigo você tem que confiar em mim para a gente poder continuar junto o que você quer dizer com isso me diga o que você quer dizer com isso não nada é só que é difícil manter um relacionamento sem confiança desse jeito e você acha que é minha culpa você acha que é minha culpa não não claro que não mas é preciso ter confiança senão é difícil ficar junto termine comigo então termine comigo agora e vá fazer a porcaria dos seus saltos vá ver a maldita vaca de biquíni

Solta as pernas e estica o corpo, mantendo-as bem juntas. Flexiona os cotovelos, enquanto move os braços em direções opostas, levando simultaneamente sua mão esquerda para frente de sua barriga e a mão direita para trás de sua cabeça. A inclinação de seu corpo provocada pelo movimento dos braços gera o torque necessário para que comece a girar em torno do seu eixo longitudinal. Vê agora o público rodando de cabeça para baixo em seu redor, e o cheiro de cloro da água fica mais forte. Gotas de suor caem em seus olhos, fazendo-os arder. Sente a cabeça pesada.

eu fui demitida não sei o que fazer você tem que arrumar um emprego de verdade você tem que trazer dinheiro para nossa casa como nós vamos alimentar mais uma boca daqui a três meses eu imploro para que você pare por favor nós não temos dinheiro suficiente isso que você faz não é trabalho de verdade calma querida eu tenho certeza que as coisas vão melhorar se eu ganhar a competição vai ter um prêmio em dinheiro e eu posso ser contratado por um clube melhor ganhar na competição você acha que você vai ganhar na competição tem centenas de pessoas participando como que eu e meu bebê vamos depender de você ganhar em uma maldita competição você nem é tão bom assim nós precisamos agora é de ganhar dinheiro de verdade nós precisamos de algo certo não de uma maldita possibilidade de ganhar em uma maldita competição se você não parar eu vou voltar para a casa dos meus pais você é um irresponsável egoísta você não se importa comigo você só se importa com você você só se importa com seus malditos saltos você não leva as coisas a sério você é um irresponsável

Continua girando de cabeça para baixo, com as pernas esticadas e uma mão em frente de sua barriga e a outra atrás de sua cabeça, mas seu corpo não se mantem completamente perpendicular à superfície da água. Sua inclinação inicial diminui enquanto gira, por um breve instante mantem um perfeito ângulo de noventa graus em relação à água, mas seu corpo passa a inclinar na direção oposta. Completa dois giros, mas sabe que não vai conseguir manter o movimento por muito tempo.

sua performance foi terrível como você conseguiu ficar tão mal colocado você é um péssimo atleta acho melhor procurar outra coisa para fazer eu não quero te treinar mais é uma perda de tempo não eu me distraí desculpe não tem o que pedir desculpas se quer ser profissional não pode cometer esses tipos de erros me desculpe como é que você escorrega na partida foi uma vergonha você destrói a minha reputação eu nunca mais vou trabalhar com você você vai me fazer perder meu emprego me desculpe eu tenho que trabalhar com atletas de verdade eu escorreguei desculpe você não tem o menor talento não quero mais escutar suas desculpas eu me distraí desculpe se insiste em continuar procure outro clube eu não quero mais te ver na minha frente por favor me desculpe eu me distraí eu imploro suma da minha frente você é uma vergonha

Seu corpo continua inclinando, até ficar novamente quase paralelo à superfície da água. Estica o braço esquerdo, e após breves instantes o direito. Inclina o quadril, formando um ângulo entre o tronco e as pernas. O movimento muda o torque de seu corpo, gira novamente em torno do seu eixo transversal, com o tronco indo em direção às pernas. Abraça as pernas até enxergar a superfície da água, quando começa a levar os braços para frente, preparando o seu movimento final.

por que eu continuo tentando por que não desisto estou ficando velho minhas possibilidades cada vez menores por que não entro em uma universidade faço o curso de advocacia que meu pai sempre sonhou ganho dinheiro tenho uma vida mais certa por que ficar perdendo tempo qual é o sentido disso tudo afinal qual é o sentido desse meu desejo de continuar não seria mais importante ganhar muito dinheiro para minha esposa e minha filha eu não tenho talento nenhum minha esposa tem que ficar fazendo hora extra coitada já perdi várias competições sou um péssimo saltador eu não tenho talento nenhum já tive que sair de dois clubes por que eu não desisto sou desajeitado não nasci para isso minha esposa trabalha tanto eu não consigo sustentar minha própria família eu sou irresponsável eu sou egoísta sou péssimo não tenho talento não nasci para isso então por que por que por que por que eu preciso tanto continuar por que por que por que por que por que por que por que por que por que esse desejo

Retifica o corpo, jogando suas pernas para cima, e flexionando o tornozelo de forma que seus dedos do pé apontem para o céu. Ao mesmo tempo, estica completamente os braços acima de sua cabeça. Consegue interromper seu movimento giratório, e está agora quase perpendicular à superfície da água, caindo como uma flecha. Junta as mãos acima da cabeça, com as palmas esticadas para fora. O cheiro de cloro entra forte em suas narinas. Prende a respiração, preparado para o impacto iminente. Os gritos da plateia chegam em seus ouvidos, como se viessem de algum mundo distante. Novamente vê seu pai, mesmo sabendo que era impossível, como se viesse de algum mundo distante. Suas mãos já começam a sentir a umidade das partículas de água logo acima da superfície azul da piscina. Fecha os olhos.

você tem é que nadar salto não é esporte pule no trampolim e caia na almofada isso de novo termine comigo agora e vá fazer a porcaria dos seus saltos nós precisamos agora é de ganhar dinheiro de verdade foi uma vergonha você destrói a minha reputação que vergonha essas notas suas você deveria fazer um esporte que é mais apropriado para você por que eu não desisto sou desajeitado amanhã vai ter uma aula gratuita venha experimentar você tem que se dedicar para coisas mais importantes eu não confio em você e o curso de advocacia que você quer fazer você não pode ir você tem que ficar aqui comigo volta para a natação que a gente vai ter mais dinheiro para comprar presentes para você você tem que levar as coisas mais a sério não tenho talento nenhum você é um péssimo atleta acho melhor procurar outra coisa para fazer por que não faço o curso de advocacia como é que você escorrega na partida olá garotos nós vamos abrir um novo curso aqui no clube como que eu e meu bebê vamos depender de você ganhar em uma maldita competição já perdi várias competições eu não tenho talento foi uma vergonha eu fui demitida só tem mulher cara nos livros tenta futebol pule no trampolim por que vergonha bebê confiança advocacia mãe estudar pai apropriado irresponsável trampolim esposa reputação egoísta dinheiro irresponsável egoísta dinheiro mãe estudar pai apropriado vergonha trampolim futebol livros advocacia escorrega irresponsável egoísta desajeitado escorrega irresponsável egoísta desajeitado irresponsável egoísta desajeitado irresponsável egoísta desajeitado egoísta desajeitado egoísta desajeitado egoísta desajeitado egoísta desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado desajeitado

Splash!

Medalha de ouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Um grupo de amigos, criando literatura